Loading
carregando...

Como Migrar Seu Site Para um Novo Servidor Via Cpanel


Compatibilidade e Preparação

O tutorial é baseado em servidores Linux, administrados via Cpanel e com as versões mais recentes de MySQL e PHP.

Faça login no Cpanel, caso a linguagem utilizada for inglês você deve mudá-la para português, que é a que utilizaremos desse ponto em diante. Clique em "preferences > change language" para fazer isso.

Você vai precisar do ip do novo servidor (geralmente fornecido no email com os dados da conta enviado pela hospedagem) e dos dados de login, é óbvio.

1. Backup

Antes de mais nada, vamos fazer o backup da conta que você quer migrar. Clique em "Arquivos > Backups", como mostrado na figura abaixo.

Arquivos > Backups

Na tela que abrirá clique em "Download ou gerar um backup completo". Em "Destino do Backup" escolha "Servidor FTP Remoto". Esse é o pulo do gato, já que todos os arquivos serão enviados diretamente de um servidor para outro, o que é infinitamente mais rápido do que baixar e subir arquivo por arquivo.

"Endereço de Correio" é o seu email; um aviso será enviado para esse endereço quando o backup estiver completo.

"Servidor Remoto" é o endereço do novo servidor. Como seu DNS está associado ao servidor antigo, forneça aqui o endereço de ip mencionado no início do tutorial.

"Usuário Remoto" é o nome de usuário fornecido pela nova hospedagem.

"Senha" é a senha do novo servidor.

"Port" é a porta de comunicação do novo servidor, geralmente 21.

"Diretório Remoto" é a pasta para onde será enviado o backup no novo servidor; use "/" para facilitar a continuidade do processo.

Clique em "Gerar Backup" e vá tomar um café; o processo pode demorar um pouco se seu site for grande.

Clique na imagem para ampliá-la e ver melhor os detalhes.

Download

2. Restauração

Quando o backup estiver pronto você receberá um email avisando.

Faça login no novo servidor e vá até "Arquivos > Gerenciador de Arquivos".

Gerenciador de Arquivos

Na página que abrirá você irá ver um arquivo como o mostrado na figura abaixo.

Marque a caixa à esquerda e, no menu superior, clique em extrair. Como precisamos de apenas uma parte desse arquivo e ainda não iremos usá-lo, extraia para "/".

Após a extração, será criada uma pasta com o mesmo nome do backup, abra essa pasta com um duplo-clique e procure pelo arquivo "homedir.tar"; dentro desse arquivo você encontrará todo o conteúdo de seu site.

Extraia o arquivo "homedir.tar" da mesma forma que fez antes com o backup; na caixa que pede o destino dos arquivos coloque "/".

Restauração Homedir

Nesse momento, se você fizer login no novo servidor via ftp, o conteúdo do seu site estará todo lá. A pasta "public_html" conterá todos os arquivos do seu site. As estatísticas de visitação vão junto também.

3. Bases de Dados

Se você usa WordPress ou outro sistema de publicação que utilize banco de dados, será necessário migrá-lo também.

Clique novamente em "Arquivos > Backups", rolando um pouco a página você verá todas suas bases de dados. Clique em "download" e baixe uma por uma.

No novo servidor, navegue até a mesma página e faça upload de todas as bases de dados.

Bases de Dados

4. Configurações Finais

Quase tudo pronto, apenas mais alguns passos.

As bases de dados que você restaurou no passo 3 não têm usuários associados às mesmas.

Na página inicial do Cpanel vá até "Bases de Dados" e clique em "Bases de dados MySQL", crie um usuário para cada base, ou um único, e associe o(s) usuário(s) às bases. Por questões de segurança é melhor um usuário para cada base.

Escolha uma senha o mais complicada possível (a gerada pelo sistema é ótima) e anote todos os dados: nomes das bases, nomes de usuários e senhas.

Se você usa WordPress, edite o arquivo "wp-config.php" e utilize os dados acima para que ele possa se comunicar com as novas bases.

// ** Configurações do MySQL - Você pode pegar essas informações com o serviço de hospedagem ** //
/** O nome do banco de dados do WordPress */
define('DB_NAME', 'nomedoBD');
/** Usuário do banco de dados MySQL */
define('DB_USER', 'usuarioMySQL');
/** Senha do banco de dados MySQL */
define('DB_PASSWORD', 'senha');

O processo para migrar suas contas de email é o mesmo utilizado na base de dados, sem a parte dos usuários de bancos de dados, é óbvio.

Se você utiliza o Google Apps para gerenciar seus emails esse passo não é necessário, basta alterar as entradas MX e pronto.

Agora é só alterar o DNS do seu domínio e aguardar que se propague. Evite publicar qualquer coisa por uns dois dias para evitar que os dados vão parar no servidor errado.

Só cancele a hospedagem antiga quando tiver certeza de que tudo está funcionando corretamente na nova.

Não tenha medo de errar, se for o caso repita o processo até acertar tudo.


Autor: Dárcio Gomes
Data: 30/11/-0001 00:00:00