Loading
carregando...

A evolução do PHP


Durante muito tempo o PHP gozou de má fama principalmente nas comunidades de linguagens "rígidas" como o Java. A falta de rigidez na tipagem e no conceito de objecto não impõe disciplina fazendo com que um programador preguiçoso se torne mau programador pois, este pode implementar uma solução sem dar a mínima para convenções ou boas práticas. Se bem que isso é possivel mesmo em linguagens como o Java.

Seja como for, a nossa experiência com o PHP5 mostrou uma maturidade surpreendente desde a possibilidade de implementar o paradigma de programação orientada a objectos (OOP) à existência de frameworks muito bons como o CodeIgnitor, CakePHP, Yii, etc.

Estes frameworks que muito lembram o Ruby on Rails, apresentam características bem conhecidas no mundo Java como CoC, MVC e outros designs patterns, ORM, etc o que torna a sua adopção muito mais simples.

Interessante também é o seu enquadramento na filosofia agile. Contam com uma estrutura de testes que pode, por exemplo, ser usado num Test Driven Development (TDD) através da implementação de testes unitários usando o PHPUnit e testes funcionais usando Selenium RC.

Isto mostra uma evolução e maturidade da linguagem tornando-a uma opção válida para implementação de certos projectos pois, quando devidamente usada pode criar aplicações web robustas. Por isso nós adoptamos o PHP como uma alternativa possível ao Java para certos projectos sem contar que já trabalhamos com PHP para implementar vários sites. Logicamente que a escolha de uma ou de outra tecnologia depende das características e requisitos de cada projecto e não com base num fanatismo quase que religioso por uma ou outra tecnologia. Alias, esta abordagem de encarar as tecnologias como ferramentas e não clubes, permite-nos ter, dentro do nosso know-how, opções na hora de determinar a melhor solução para o problema em questão.



Fonte: http://www.shortcut.co.mz/a-evolucao-do-php/


Autor: Dárcio Gomes
Data: 04/12/2012 00:00:00