Loading
carregando...

Importar banco de dados no MySQL pelo prompt do DOS


Uma das coisas que me deixa mais tranqüilo para programar é criar um ambiente de testes na minha própria máquina ou em um servidor local.


Com essa prática não temos o risco de causar problemas nos sites que os usuários finais utilizam.


Para copiar os arquivos que estão sendo utilizado online basta utilizar um programa de FTP, porém para copiarmos os dados de um banco de dados precisamos fazer o back-up e então importar esse arquivo. Gosto muito da praticidade do phpMyAdmin, além dele ser amplamente utilizado nos painéis de gerenciamento (CPanel, Plesk etc).


Um grande problema é quando precisamos importar arquivos muito grandes, o que demanda maior processamento e as vezes acaba demorando mais do que nossa paciência agüenta! Por isso gostaria de compartilhar uma prática que utilizo nesses casos.


Ao invés de importar diretamente pelo phpMyAdmin, faço a importação via command prompt do Windows (isso mesmo DOS).


Vou listar os passos para essa operação de importação do banco de dados via prompt de comando do Windows.


Utilizo na minha máquina Windows XP com o XAMPP, conforme instalação no post sobre servidores (veja aqui).

1) Iniciar > Executar > cmd
Isso server para abrir o terminal. Outro modo é abrir o programa diretamente pelo seu executável, o caminho dele normalmente é c:\\\\WINDOWS\\\\system32\\\\cmd.exe

2) Digite o comando: c:\\\\xampp\\\\mysql\\\\bin
Isso vai te levar para o diretório local de instalação do MySQL.

3) Digite o comando: mysql -u root -p
Isso vai iniciar o MySQL, a seguir você deve digitar a senha de administrador (root) do banco de dados.

4) Se estiver tudo correto vai aparecer no prompt algo assim: mysql>

Dentro do prompt você pode utilizar os mesmos comandos que utiliza na programação, como por exemplo: show databases;

Uma dica valiosa é o comando para alteração do charset, muitas vezes você vai importar o SQL e a acentuação ficará com problemas para resolver essa questão utilize o comando: mysql> charset utf8;

Para concluir a importação você precisa selecionar o banco de dados desejado e dar o comando para importação, são os seguintes:

mysql> use nomedo_db;
mysql> source d:/nomedoarquivo_db.sql;

Com essas operações você consegue importar um arquivo grande em poucos segundos. Importante lembrar que você utilize a opção DROP TABLE quando for fazer a exportação, assim as tabelas ficarão exatamente ao que está online.


Autor: Dárcio Gomes
Data: 25/01/2013 00:00:00